Degustação Valdivieso com o enólogo Eugenio Ponce, no Empório D'vino

Publicado por Blog Vinho SIM em 20.6.12 com Sem comentários
Aproveitando a presença do enólogo Eugenio Ponce no Brasil, o Empório D'Vino, em Santo André, realizou uma breve apresentação da linha Reserva da Viña Valdivieso. A linha é composta pelos varietais Cabernet Sauvignon, Merlot, Carménère, Syrah, Pinot Noir, Chardonnay, Viognier e Sauvignon Blanc.

Os vinhos destacados na noite foram o Pinot Noir 2008 e o Carménère, também 2008.
 

O Pinot Noir é um vinho elegante, com bom ataque aromático de frutas vermelhas, como morangos e framboesa, ervas frescas e um toque de arruda. Alguns aromas provenientes da madeira (estágio de 9 meses) também se destacam. Na boca apresentou-se bem frutado e com boa acidez. Boa persistência. É um vinho que, sem dúvida, vale a pena ser experimentado, principalmente pelo preço proposto pela loja, R$ 38,50, ótimo para sua qualidade. De qualquer forma é importante frisar, como eu sempre venho escrevendo aqui no VINHO SIM, que, como a grande maioria dos Pinot Noirs sulamericanos, este lembra muito pouco dos Pinot Noirs da Borgonha, justamente por sua concentração de fruta e passagem por madeira.

ÓTIMO - ÓTIMA relação QUALIDADE-PREÇO. 



Este Carmenérè também foi bem interessante. Vermelho rubi bem intenso ainda com traços de juventude, com halo violáceo. No nariz é muito típico, com muitos toques herbáceos, pimentão e frutas negras. BOs 12 meses de estágio em carvalho lhe conferem alguns aromas tostados e um toque de baunilha. Bem corpulento, enche a boca, tem certa untuosidade. A acidez presente equilibra bem a grande concentração de frutas. Taninos bem maduros. Boa persistência. Típico Carménère do Vale do Colchágua. Assim como o Pinot Noir está sendo vendido por R$ 38,50 na loja, o que o torna uma ótima compra.

ÓTIMO - ÓTIMA relação QUALIDADE-PREÇO.

 
Valdivieso Reserva Carménère 2008

Eu, Eugenio Ponce e Rodrigo D'Avila
O evento foi bem intimista, reunindo apenas amigos. Os vinhos de muito boa qualidade e a simpatia do enólogo, sempre disposto a responder as dúvidas dos presentes, se destacaram, tornando a noite um ótimo momento de aprendizado e diverão.

Eugenio Ponce e os proprietários do Empório, Celso e Shirley, reunidos com os participantes.

Reações: