Escorihuela - Pequeñas Producciones Chardonnay 2009

Publicado por Blog Vinho SIM em 14.9.12 com Sem comentários


Andava eu despretensiosamente (nem tanto!) pelo Grand Tasting da Grand Cru – em São Paulo, procurando boas provas de vinhos brancos quando cheguei ao estande da Bodegas Escorihuela.

A vinícola mendocina, fundada no final do século XIX, tem uma história muito rica e marcada pelo pioneirismo, sendo, por exemplo, a primeira a produzir um Malbec 100%. Nos últimos anos, a vinícola entrou de vez no rol das mais conceituadas da Argentina, produzindo vinhos de qualidade indiscutível e de excelente relação qualidade-preço.

Seus tintos, especialmente os produzidos com Malbec e Tempranillo, estão os meus favoritos, mas os brancos ainda me eram desconhecidos. Ainda bem que resolvi parar ali para conhecê-los!

Depois de me apresentar o Viognier 2011, o responsável pela exposição dos vinhos no evento, Renzo Monge, trouxe este 100% Chardonnay, denominado Pequeñas Producciones e, com brilho nos olhos, me disse que este é um dos melhores brancos argentinos e, quiçá, da América do Sul. Renzo tinha razão.

Costumeiramente tenho provado Chardonnays excessivamente amadeirados, um estilo que confere estrutura e alguma cremosidade ao vinho, mas que tira frescor e aquele charme frutado dos bons brancos.

Neste Pequeñas Producciones 2009 a Escorihuela acertou em cheio no equilíbrio. Cor amarelo-dourado-esverdeado com bastante brilho e limpidez. Os aromas de frutas de caroço e frutas cítricas maduras, algo como uma mistura entre pêssegos maduros e abacaxi em calda, se destacam, logo sendo acompanhados por notas de amêndoas e alguns toques de baunilha, sinal do correto uso do carvalho: são 9 meses de envelhecimento em barricas francesas. Aparece também algo de especiarias, lembrando noz-moscada. Paladar com boa untuosidade, mas sem perder o frecor. Tentaria descrever a sensação inicial como se estivesse comendo um abacaxi não muito maduro em calda. Final com alguma mineralidade e excelente frescor. Os 14,6% de álcool são totalmente imperceptíveis. Ótima persistência. Um vinho muito harmonioso, pronto para o consumo, mas que ainda pode ser guardado para análise de sua evolução.

R$ 98,00 (Grand Cru) | Álcool 14,6% | Acidez 5,7g/L |Acúcar 1,9 g/L

Avaliação VINHO SIM: REFINADO / Relação QUALIDADE-PREÇO: EXCELENTE
Reações: