Pago los Balancines - Crash Red 2011

Publicado por Blog Vinho SIM em 16.11.12 com Sem comentários

Diretamente da DO Ribera del Guadiana, em Extremadura - Espanha, uma das mais importantes regiões da Península Ibérica durante o Império Romano, vem esse vinho jovem e frutado, adquirido por meio da Sociedade da Mesa: o Crash Red 2011, o “vinho de batalha” do produtor Pago los Balancines.

A história da vinícola fundada em 2006 é a do encontro de um grupo de apaixonados pelo mundo do vinho e uma região possuidora de inúmeros valores destacados na sua gastronomia, desde a produção das famosas cerejas do Valle del Jerte, passando por fantásticos azeites e mel, até chegar aos famosíssimos presuntos Pata Negra!

A vinícola chegou ao mercado com a proposta de elaborar vinhos “diferentes”, jovens, macios e frutados e que sejam referência de uma região muito rica em história e que, apesar de ocupar o segundo lugar em toda a Espanha em termos de superfície de vinhedos, não tem um grande destaque na produção de vinhos finos e por isso é pouco conhecida no cenário mundial.

O maior compromisso da vinícola é produzir vinhos com boa relação qualidade-preço, tentando alcançar outras regiões mais prestigiadas na Espanha.

O Crash Red 2011 é um corte de 25% Tempranillo, 25% Syrah, 25% Garnacha Tintorera e 25% Garnacha Negra, sem passagem por barricas de carvalho.

Coloração vermelho cereja, muito límpido e brilhante. Bonito. No nariz o destaque vai para morangos e cerejas maduros, com algum toque herbáceo e de ervas. O paladar não me agradou. É bastante frutado, mas me deixa aquele gosto de bala de cereja, adocicado demais. Falta acidez. Tem uma estrutura média e final muito curto e adocicado.

O preço por volta dos R$ 40,00 é caro demais se comparado à outras opções que temos no mercado brasileiro, inclusive se comparado a alguns vinhos nacionais que também têm essa pretensão de ser vinhos para o dia-a-dia, jovens e frutados. Apesar de não apresentar nenhum defeito, também não encanta em nenhum quesito. Não recomendo.

R$ 41,80 (Sociedade da Mesa) | Álcool 14,5%

Avaliação VINHO SIM: RAZOÁVEL (Nota: 10/20) / Relação QUALIDADE-PREÇO: RUIM
Reações: