Pechincha do mês [JANEIRO/2013]: Ruca Malen - Yauquen - Bonarda 2011

Publicado por Blog Vinho SIM em 4.2.13 com Sem comentários


Mais um achado do mês aqui no Vinho SIM!

Todo mês, aqui no blog, será indicado para você o vinho de preço mais acessível degustado por mim naqueles últimos 30 dias. Como “preço acessível” defini um teto de R$ 40,00, que só será ultrapassado no caso do vinho em questão possuir uma relação QUALIDADE-PREÇO excepcional.

A pechincha deste mês tinha que ser especial.
Começar 2013 com o pé direito era uma das metas para o Vinho SIM. E foi o que aconteceu!

Do final de dezembro/2012 até meados de janeiro/2013 estive em Mendoza e da terra do Vinho e do Sol trouxe muitas experiências interessantes. Foram mais de 20 vinícolas e quase 200 vinhos provados. Vinhos para todos gostos, estruturados, leves, adocicados, ácidos, caros, baratos ... opa, baratos? É disso que o povo (eu, principalmente! rs) gosta e por isso que escrevo esta coluna Pechincha do Mês!

Entre todas estas visitas, é claro que alguns vinhos deveriam chamar à atenção, no entanto confesso que encontrar vinhos que são vendidos aqui no Brasil por até R$ 40,00 não foi uma tarefa tão simples quanto eu imaginava, mas um um desses foi o Ruca Malen – Yauquen – Bonarda 2011!

Minhas experiências com Bonardas aqui no Brasil nunca foram surpreendentes. Provei bons vinhos elaborados com esta casta, mas sempre os achei meio parecidos e na minha memória estes vinhos eram sempre bastante estruturados e em alguns casos, até meio “pesados”.

Mas, como tudo na vida, a velha máxima “vivendo e aprendendo” também prevalece no mundo do vinho (que a sorte a nossa!) e este Bonarda 2011 da linha básica Yauquen, da vinícola Ruca Malen, mostrou-se completamente diferente do que eu imaginava.

Provei-o durante almoço na própria vinícola. Assim que bati os olhos no menu fiquei curioso pois o vinho estava listado para harmonizar com uma das entradas, uns raviolones de queijo com um molho super leve de beterrabas. Logo imaginei: “será”? O “será?” logo tornou-se realidade e foi substutuído por um “uau!”.

Terminado o almoço supus que aquela excelente impressão poderia ter sido majorada por toda a atmosfera que envolveu o almoço. Os pratos muitíssimo bem elaborados, as mesas do restaurante com vista para as parreiras, etc e então resolvi comprar uma garrafa para provar num dos outros dias em que estaria em Mendoza.

A harmonização com um prato leve já havia se mostrado excelente, mas será que o vinho poderia também acompanhar um prato um pouco mais gorduroso?

A escolha para a prova final não podia ser menos mendocina. Um assado de carne bovina com uma morcilla. O Bonarda 2011 se portou bem, mas não com tanto brilho como no caso do almoço da Ruca Malen.


O Yauquén Bonarda 2011 é produzido com uvas provenientes de Medrano - Mendoza, a 800 metros de altitude. 40% do vinho passa 6 meses em barricas de carvalho não novas. Coloração vermelho violáceo intenso com bastante brilho. No nariz destacam-se aromas de frutas vermelhas e negras maduras com certos toques selvagens, com algum toque de pimenta e um defumado muito interessante. O frutado também aparece na boca, que tem um corpo médio e um final levemente adocicado.

R$ 34,00 (Hannover)


Avaliação Vinho SIM: ÓTIMO (15/20) / Relação QUALIDADE-PREÇO: EXCELENTE
Reações: