Ranking Vinho SIM de espumantes Nacionais 2012-2013 - Categoria Brut Champenoise - RESULTADO FINAL

Publicado por Blog Vinho SIM em 2.2.13 com Sem comentários

Muitas matérias, muitos artigos e muitos resultados de degustações envolvendo os espumantes brasileiros nos últimos anos vinham me trazendo algumas inquietações ultimamente ...

Por que essas notícias tratam quase sempre das mesmas vinícolas?
Por que são quase sempre os mesmos espumantes premiados?
Será que os espumantes brasileiros são realmente bons para receberem boas notas em avaliações às cegas?
Quem seriam os destaques numa degustação nestes moldes?
Há algum de relação QUALIDADE-PREÇO excepcional?

...

Com o DNA da pesquisa correndo nas veias e uma aptidão natural para o inconformismo, decidi provar com meus próprios sentidos uma boa quantidade de espumantes (foram quase 100, no total!) e formar uma opinião própria.

Mas é claro que não fiz isso ao léu. Convidei alguns amigos para me ajudar, aos quais nunca vou cansar de agradecer por terem aceito o convite/desafio de me ajudar nesta empreitada de confeccionar o Ranking Vinho SIM de Espumantes Nacionais 2012-2013, que espero ser o primeiro de vários.

Para os que desejam saber mais sobre quem foram os convidados, quais foram os critérios usados, onde foi realizado ou mesmo para ver fotos do evento e para a melhor compreensão do RVS 2012-2013, sugiro a leitura DESTE POST, onde escrevi todos estes e mais alguns detalhes sobre esta grande prova.
Parafraseando o grande jornalista Daniel Lima, se pelo menos uma pessoa que seja tiver acordado do sono acomodatício e fastfoodiano que é o jornalismo de hoje em dia, este trabalho já terá sido compensador! 

Saúde e divirtam-se!


RESULTADO FINAL – BRUT CHAMPENOISE BRANCO


Vinho
Safra
Produtor
Região
Preço médio
Nota
1
Tradizionale
2009
Maximo Boschi
Bento Gonçalves – RS
R$ 35,00
17,5
2
Cave Amadeu
2011
Geisse
Pinto Bandeira – RS
R$ 40,00
17,0
3
Grande Reserva
-
Marco Luigi
Bento Gonçalves - RS
R$ 44,00
17,0
4
Elegance
 -
Peterlongo
Garibaldi - RS
R$ 55,00
17,0
5
Habitat
 -
Don Bonifácio
Caxias do Sul - RS
R$ 65,00
17,0
6
Cave Antiga
 -
Cave Antiga
Farroupilha – RS
*
17,0
7
Arte
2011
Casa Valduga
Bento Gonçalves – RS
R$ 28,00
16,5
8
Tradicional
2010
Casa Pedrucci
Garibaldi – RS
R$ 45,00
16,5
9
Traditionelle
 -
Dal Pizzol
Bento Gonçalves – RS
R$ 40,00
16,25
10
Geisse Brut
2010
Geisse
Pinto Bandeira – RS
R$ 59,00
16,25
11
Reserva

Marco Luigi
Bento Gonçalves – RS
R$ 35,00
16,0
12
Don Laurindo

Don Laurindo
Bento Gonçalves – RS
R$ 45,00
16,0
13
Campos de Cima
2011
Campos de Cima
Camp. Gaúcha – RS
R$ 32,00
15,5
14
Évidence
 -
Salton
V. dos Vinhedos – RS
R$ 45,00
15,5
15
Speciale
2007
Maximo Boschi
Bento Gonçalves – RS
R$ 60,00
15,5
16
Pericó
2007
Pericó
São Joaquim - SC
R$ 46,00
15
17
Cuvée FI
2009
Franco Italiano
Dois Lajeados - RS
R$ 35,00
15
18
Gold
 -
Gheller
Guaporé - RS
R$ 35,00
15

* A vinícola informa que seu preço de venda é em torno dos R$ 30,00, mas como não encontrei-o à venda em nenhum site e/ou loja especializada de grande porte, não foi possível estabelecer um preço médio.


1. Maximo Boschi – Tradizionale


Região: Bento Gonçalves – RS
Uvas: 70% Chardonnay e 30% Pinot Noir.
Safra: 2009
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: 12 meses.

O grande campeão da degustação foi, de uma certa forma, uma surpresa para a mesa degustadora, já que acabou superando seu "irmão mais famoso", o Maximo Boschi Speciale! Apesar de receber 2 votos como o melhor da prova contra 3 do 2º colocado, Don Bonifácio Habitat 2009, mostrou-se mais regular entre em todas as fichas e levou o título de Melhor Espumante Champenoise do RVS 2012-2013
Coloração amarelo-esverdeado brilhante. Perlage fina, abundante e delicada. No nariz uma boa presença de frutas tropicais frescas com alguns toques de pão torrado, leveduras e baunilha. Na boca é muito elegante. As notas de frutas maduras e secas, acompanhadas por uma acidez crocante o tornam o grande campão no quesito “vontade de continuar bebendo”. Final muito agradável e longa persistência.

***** $$$


2.    Geisse 
– Cave Amadeu Brut

Região: Pinto Bandeira – RS (Vinhos de Montanha)
Uvas: 80% Chardonnay e 20% Pinot Noir.
Safra: 2011
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: 18 meses.

Outra grande surpresa da avaliação que também superou seu "irmão mais famoso" (Cave Geisse Brut) e agradou em cheio!
Cor amarelo dourado brilhante. Perlage fina e delicada. Aromas florais e de frutas tropicais maduras. Na boca tem muito boa cremosidade com uma marcante acidez muito agradável e um final com presença de frutas secas. Muito boa persistência.

**** $$$


3. Marco Luigi 
– Grande Reserva

Região: Bento Gonçalves – RS
Uvas: Chardonnay, Pinot Noir e Merlot.
Safra: -
Álcool: 12 %
Contato com as leveduras/borras: 18 meses.

Amarelo levemente dourado. Perlage fina, abundante e delicada. Aromas de frutas brancas doces e toques cítricos. Algo de frutas secas. Paladar fresco, boa acidez e ótimo equilíbrio.

**** $$$


4. Peterlongo - Elegance Champenoise Brut

Região: Garibaldi - RS
Uvas: Chardonnay e Pinot Noir.
Safra: -
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: não informado.

Amarelo dourado brilhante de média intensidade. Aromas delicados de frutas tropicais com boa presença de leveduras e pão torrado. Na boca, a fruta e a acidez se equilibram com bastante harmonia, deixando um final muito agradável e longo.

**** $$$


5. Don Bonifácio – Habitat 2009

Região: Caxias do Sul – RS
Uvas: Chardonnay e Pinot Noir.
Safra: 2009
Álcool: 12%
Contato com as leveduras/borras: não informado.

Considerado o melhor da degustação por 3 dos degustadores (dentre eles, este que vos escreve!), só não levou a 1ª colocação porque suas avaliações foram um pouco inconstantes, mas sua nota final de 17/20 pontos mostra que é um espumante de grande qualidade.
Coloração amarelo palha brilhante. Perlage fina, abundante e delicada. Aromas de frutas frescas com notas de brioche e torrefação e algo de ervas frescas. Paladar fresco, intenso, amanteigado e muito equilibrado.

***** $$$$


6. Cave Antiga – Cave Antiga

Região: Farroupilha – RS
Uvas: 100% Chardonnay.
Safra: -
Álcool: 12,8%
Contato com as leveduras/borras: 24 meses.

O campeão na opinião de um dos jurados, apresentou cor amarelo levemente dourado brilhante. Perlage fina e abundante. Aromas de frutas brancas e algo silvestre, dando uma sensação rústica muito interessante. Algum toque de flores brancas. Na boca tem uma acidez crocante bastante agradável e muito boa persistência. O representante da vinícola me informou que o preço médio de mercado será em torno dos R$ 30,00, o que o colocaria na 2ª colocação e, certamente, o deixaria como um dos grandes destaques da relação QUALIDADE-PREÇO, no entanto para não ser injusto com as demais amostras, como não encontrei-o à venda em nenhum site e/ou loja especializada de grande porte, foi impossível estabelecer um preço médio.

**** $?


7. Casa Valduga
 - Arte Tradicional Brut 2011

Região: Bento Gonçalves - RS
Uvas: 60% Chardonnay e 40% Pinot Noir
Safra: 2011
Álcool: 11,5%
Contato com as leveduras/borras: 12 meses.
Preço médio: R$ 28,00

Amarelo palha brilhante. Perlage fina e abundante. Aromas de frutas brancas maduras e toques de frutas cristalizadas. Na boca tem boa presença de fruta e boa acidez. Final não muito longo, mas muito gostoso.

**** $$$


8. Casa Pedrucci 
– Tradicional

Região: Garibaldi - RS
Uvas: Chardonnay, Rieling Itálico e Pinot Noir.
Safra: 2010
Álcool: 12,8%
Contato com as leveduras/borras: não informado.

Descrição: Coloração amarelo palha brilhante com reflexos dourados. Perlage fina e abundante. No nariz apresenta notas de fermentação e boa fruta madura. Na boca é relativamente cremoso, delicado, com boa presença de fruta doce e uma boa acidez. Final mediano.

**** $$$


9. Dal Pizzol 
– Traditionelle

Região: Bento Gonçalves - RS
Uvas: Chardonnay, Pinot Noir e Sylvaner.
Safra: -
Álcool: 12 %
Contato com as leveduras/borras: 12 a 24 meses.

Interessante espumante que apresentou algumas características diferentes dos demais. Amarelo dourado brilhante. Perlage fina, delicada e abundante. Aromas de frutas tropicais oscilando entre frescas e maduras. Toques de fermentação. Na boca tem boa cremosidade e uma boa acidez, trazendo a característica que eu mais procuro num espumante: a vontade de tomar mais! Boa persistência.

**** $$$


10.    Geisse 
– Cave Geisse Brut 2010

Região: Pinto Bandeira – RS (Vinhos de Montanha)
Uvas: 70% Chardonnay e 30% Pinot Noir.
Safra: 2010
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: 24 meses.

Amarelo palha com reflexos esverdeados. Perlage fina e abundante. Aromas de frutas secas, com destaque para damasco. Na boca, acidez agradável e boa persistência.

**** $$$$


11.    Marco Luigi 
– Reserva

Região: Bento Gonçalves – RS
Uvas: 100% Chardonnay.
Safra: -
Álcool: 12 %
Contato com as leveduras/borras: 15 meses.

Para mim, um dos grandes destaques da prova! Amarelo levemente dourado brilhante, este espumante tem tanta qualidade quanto seu “irmão mais velho” (Marco Luigi Grande Reserva), mas com uma acidez mais crocante, o que o coloca no topo dos espumantes no quesito “vontade de continuar bebendo”. Muito saboroso e com final longo.

***** $$$


12. Don Laurindo
 – Brut Tradicional
   
Região: Bento Gonçalves – RS
Uvas: Chardonnay e Riesling Itálico.
Safra: -
Álcool: 12%
Contato com as leveduras/borrasnão informado.

Amarelo levemente dourado. Perlage fina e constante. Destaques para os aromas cítricos. Na boca possui boa acidez e ótimo equilíbrio, mas falta elegância.

*** | $$$


13. Campos de Cima 
– Brut

Região: Campanha Gaúcha - RS
Uvas: Chardonnay e Pinot Noir.
Safra: 2011
Álcool: 12%
Contato com as leveduras/borras: não informado.

Amarelo dourado claro brilhante. Perlage fina, abundante e persistente. Aromas de frutas brancas e tropicais maduras, nitidamente banana e pêssego. Algo de amêndoas, especiarias e um toque floral. Paladar complexo, de ótima cremosidade e excelente equilíbrio. Acidez correta. Ótima persistência.

*** $$


14. Salton
 – Évidence

Região: Vale dos Vinhedos – RS
Uvas: 70% Chardonnay e 30% Pinot Noir,
Safra: -
Álcool: 12%
Contato com as leveduras/borras: 12 meses.

Amarelo palha de média intensidade e ótimo brilho. Perlage muito fina, constante e abundante. Nariz com boa intensidade e um tanto óbvio. Não surpreende. Algumas notas de frutas, leveduras e algum toque de baunilha. Paladar seco com boa cremosidade e média acidez.

*** $$$
15. Maximo Boschi – Speciale

Região: Bento Gonçalves – RS
Uvas: 60% Chardonnay e 40% Pinot Noir
Safra: 2007
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: 36 meses.

Amarelo-esverdeado, brilhante. Perlage fina e constante. Olfato fino e elegante, ressaltando principalmente frutas frescas. Paladar com boa presença de frutas, porém com uma acidez um pouco abaixo do desejado. Retrogosto com leves notas de baunilha. Creio que esteja em trajetória descendente, já sentindo os anos em garrafa.

*** $$$$


16. Pericó – Cave Pericó Branco

Região: Pericó Valley – São Joaquim - SC
Uvas: 45% Cabernet Sauvignon, 33% Merlot e 22% Chardonnay.
Safra: 2007
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: 20 meses.

Amarelo palha claro. Perlage fino, constante e pouco abundante. Os aromas lembram frutas brancas maduras com algum toque de torrefação. Paladar com notas frutadas e média acidez.

*** $$$


17. Franco Italiano
 – Cuvée FI

Região: Vinícola de Colombo – PR. Uvas provenientes de Dois Lajeados - RS
Uvas: Chardonnay e Pinot Noir.
Safra: 2009
Álcool: 12%
Contato com as leveduras/borras: 18 meses.

Amarelo levemente dourado. Perlage fina, constante e pouco abundante. Aroma discreto onde aparecem algumas notas de frutas em calda. Na boca  possui boa fruta, mas peca no equilíbrio, faltando, ao meu ver, um pouco mais de acidez. Parace-me em trajetória descendente.

*** $$$


18. Gheller 
– Gold

Região: Guaporé – RS
Uvas: 70% Chardonnay e 30% Pinot Noir.
Safra: -
Álcool:12,5 %
Contato com as leveduras/borras: 24 meses.

Amarelo dourado de média intensidade e brilho mediano. Pouca perlage. O nariz apresentou um toque de oxidação, mas chegamos à conclusão de não ser defeito, embora tenha incomodado um pouco alguns degustadores. Paladar de bom corpo, baixa acidez. Pecou no equilíbrio. Pode ter sido uma má garrafa, no entanto não tínhamos outra para prova.

*** $$


Vamos agora aos resultados da categoria Brut Champenoise Rosé.

RESULTADO FINAL – BRUT CHAMPENOISE ROSÉ


Vinho
Safra
Produtor
Região
$ médio
Nota
1
Cave Amadeu
2011
Geisse
Pinto Bandeira - RS
R$ 40,00
16,5
2
Habitat
2009
Don Bonifácio
Caxias do Sul - RS
R$ 65,00
15,75
3
Blush 25
2008
Casa Valduga
Bento Gonçalves - RS
R$ 45,00
15,5
4
Maestrale
2008
Sanjo
São joaquim - SC
R$ 45,00
15,0


1.    Geisse – Cave Amadeu Brut


Região: Pinto Bandeira – RS (Vinhos de Montanha)
Uvas: 100% Pinot Noir.
Safra: 2011
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: 18 meses.

Um campeão quase unânime em sua categoria. Apenas um dos degustadores não o considerou o melhor dos rosés.
Cereja claro. Perlage fina e muito abundante. Boa intensidade aromática lembrando frutas vermelhas, como morango. Na boca é cremoso e tem ótimo equilíbrio entre fruta e acidez, com final refrescante. Ótima persistência.

***** $$


2. Don Bonifácio  Habitat Rosé 2009

Região: Caxias do Sul – RS
Uvas: 100% Pinot Noir.
Safra: 2009
Álcool: 12%
Contato com as leveduras/borras: 24 meses.

Rosa assalmonado. Perlage delicada, fina e persistente. Aromas de framboesas e morangos frescos, com algum toque de hortelã. Paladar com boa cremosidade e ótima acidez. Boa persistência.

**** $$


3.    Casa Valduga  Blush 25

Região: Bento Gonçalves - RS
Uvas: 50% Chardonnay e 50% Pinot Noir
Safra: 2010
Álcool: 11,7%
Contato com as leveduras/borras: 25 meses.

Apesar da terceira colocação na categoria, chama atenção o fato de ter sido  escolhido por um dos degustadores como o melhor rosé da prova. Coloração casca de cebola. Perlage fina e constante. No nariz tem alguns toques amanteigados e de panificação, permeados por fruta seca. Boca com boa presença de fruta e boa acidez. Pouca persistência.

**** $$$


4.    Sanjo – Maestrale

Região: São Joaquim - SC
Uvas: Chardonnay, Merlot e Cabernet Sauvignon.
Safra: 2008
Álcool: 12,5%
Contato com as leveduras/borras: 20 meses.

Coloração casca de cebola, com pouco brilho. No nariz mostrou-se bem vegetal, lembrando pimentão. Levemente frutado. Na boca tem boa presença de fruta e acidez mediana.

*** $$$


Nos próximos dias disponibilizo os resultados das categorias Brut Charmat Branco & Rosé, Brut Prosecco, Demi-Seco, Moscatel e Extra Brut & Nature.

Dúvidas, comentários e afins é só escrever, estou à disposição e que Baco nos ilumine!
Reações:
Categories: