TOP 10 - Dia das mães!

Publicado por Blog Vinho SIM em 1.5.13 com Sem comentários

Já faz algum tempo que não publico uma lista TOP 10 aqui no Vinho SIM, mas esta ocasião é mais que especial. O Dia das Mães deveria ser o mais importante do ano! 

E por mais sincero ou bonito que possa ser
"não precisa se incomodar com presente, sua presença já me basta ... "  um almoço nesta data sem um belo vinho não terá jamais o mesmo charme e tampouco deixará as mesmas lembranças que o néctar de Baco proporcionará. 

Pensando um pouquinho nos diversos bolsos e gostos do(a) comprador(a) e da  mãe, indico 10 vinhos, separados nas categorias "Pechinchas", "Para comemorar", "Exóticos", "Apostas seguras" e "Grandes escolhas", que tornarão seu Dia das Mães ainda mais especial.


As "Pechinchas"

1. Vega Del Castillo - Rosado de Lágrima 2011

Rosé frutado e muito fresco, o Vega Del Castillo 2011 foi uma das mais gratas surpresas dos últimos tempos. Comprei-o diretamente pelo site da Vinci Vinhos com o objetivo de testá-lo na companhia de um combinado de sushis e sashimis. Excelente! Ótima pedida para acompanhar pratos à base de frutos do mar, carpaccios, entradas e saladas.

Vinci, R$ 35,00 (em promoção!)

2. Ruca Malen - Yauquen Bonarda 2011

Provei este vinho pela primeira vez durante a minha visita à Ruca Malen (leia a matéria) mas, devido ao excepcional almoço da vinícola, fiquei na dúvida se era tão bom quanto eu havia achado ou se estava influenciado pela excelente recepção. Para resolver esta dúvida comprei algumas garrafas para provar depois. Provei-as ainda em Mendoza e confirmei a ideia inicial: o Yauquen Bonarda 2011, que acabei posteriormente elegendo como a pechincha de janeiro/2013 no Vinho SIM (relembre), é sedoso e com boa estrutura. Sem dúvida um dos vinhos de melhor relação qualidade-preço no mercado brasileiro. Ótimo para acompanhar massas e carnes com molhos leves e pouco condimentados.

Hannover, R$ 34,00


Para comemorar

3. Guatambu Poesia do Pampa - Charmat

O campeão da Categoria Charmat Branco do Ranking Vinho SIM de Espumantes Nacionais 2012-2013 não poderia estar fora desta lista (leia as matérias sobre o RVS 2012-2013). Na prova, organizada por Vinho SIM, onde foram degustados mais de 100 espumantes e avaliados por diversos especialistas, o Poesia do Pampa se destacou, vencendo sua categoria com folga. Um produto nacional de extrema qualidade!



4. Maximo Boschi Tradizionale

Assim como o Poesia do Pampa da Guatambu, o Tradizionale da Maximo Boschi recebeu grande destaque no RVS 2012-2013, sagrando-se o campeão da Categoria Champenoise Branco (leia a matéria), a mais disputada do Ranking, recebendo a seguinte menção: "Perlage fina, abundante e delicada. No nariz uma boa presença de frutas tropicais frescas com alguns toques de pão torrado, leveduras e baunilha. Na boca é muito elegante. As notas de frutas maduras e secas, acompanhadas por uma acidez crocante o tornam o grande campão no quesito “vontade de continuar bebendo”. Final muito agradável e longa persistência.




Os "Exóticos" 

5. Angheben - Teroldego 2005

O Angheben Teroldego 2005, para mim um dos melhores vinhos nacionais, é produzido com uma casta pouco comum no nosso mercado e ainda mais se pensarmos num vinho nacional. A evolução que este vinho vem apresentando  no decorrer dos anos é notável. Muito frutado, ótima estrutura e muito macio. Ideal para acompanhar massas e pizzas.

R$ 45,00 ~ R$ 60,00

6. Spice Route - Pinotage 2008

Tema da Confraria Vinho SIM de janeiro/2013 (relembre), a Pinotage não é uma novidade no nosso mercado, mas me parece que ainda não caiu no gosto do brasileiro.  Lembro-me que alguns anos atrás a maior parte dos vinhos produzidos com esta casta tinha muita estrutura e era um pouco rústico no paladar, mas nos últimos tempo venho encontrando algumas opções bastante interessantes. 
Este Spice Route Pinotage 2008 é um vinho bastante sedoso e com excelente acidez. Como já havia descrito antes, este é Pinotage que mais me lembrou que esta casta possui a Pinot Noir como “mãe”. Um vinho com aromas nítidos de frutas vermelhas frescas, além de ameixas maduras, café e alguns toques defumados e terrosos. Excelente pedida para pratos leves e com boa condimentação.


Ravin, R$ 110,00.


"Apostas" seguras

7. Zorzal Terroir Único Pinot Noir 2012

A argentina Zorzal (leia matéria sobre visita do Vinho SIM à vinícola aqui) tem se destacado no cenário do vinho mundial e especialmente aqui no Brasil, principalmente pela ótima relação qualidade-preço. O Terroir Único Pinot Noir, já avaliado por Vinho SIM (relembre), grande sucesso de crítica e público, é uma das minhas apostas para se tornar um dos clássicos no mercado brasileiro.
Este vinho é extremamente versátil. Pode surpreender as mães-apreciadoras mais calejadas e certamente agradará àquelas que "apenas" gostam de beber um bom vinho pelo prazer, sem preocupações organolépticas.

Bom e Barato, o Zorzal Pinot Noir Terroir Único é leve e elegante.
Grand Cru, R$ 49,00


8. Alta Vista - Terroir Selection - Malbec 

Um Malbec argentino com todas as características de vinho do Novo Mundo com uma pitada a mais de França que a Alta Vista, a "mais francesa das vinícolas de Mendoza - Argentina" consegue imprimir como ninguém. Não sou um grande fã da fruta excessiva e do final adocicado que alguns Malbecs argentinos apresentam, porém esse é diferenciado. Mostra ótima fruta, mas que é o tempo todo permeada por ótima acidez, que confere elegância ao vinho, que é constantemente premiado como um dos melhores vinhos argentinos. Seus taninos maduros e presentes o tornam ótima opção para acompanhar carnes vermelhas, especialmente assadas.

Épice, R$ 85,00

Grandes escolhas

9. Ventisquero Herú Pinot Noir 2010

Comentado em duas ocasiões diferentes aqui no Vinho SIM (relembre as matérias aqui), o Heru Pinot Noir da chilena Ventisquero não poderia ficar de fora desta lista. Um Pinot Noir elaborado com grande esmero, cuja combinação de fruta, mineralidade e notas terrosas tornam-no muito elegante. Um vinho para agradar às mães mais exigentes.

Cantu, R$ 180,00


10. Outer Limits Sauvignon Blanc 2011

Conheci este vinho durante minha visita à Viña Montes (leia a matéria), um projeto especial desta que é uma das mais renomadas vinícolas chilenas e, confesso que foi paixão ao primeiro gole. Considero este Outer Limits Sauvignon Blanc, apesar de seu preço na faixa dos R$ 100,00, um vinho de ótima relação qualidade-preço e um dos melhores SBs da América do Sul. Muita fruta e frescor.

Mistral, R$ 106,00

Reações: