Ranking Vinho SIM de Espumantes Nacionais 2014 - Destaques da categoria BRUT ROSÉ - MÉTODO TANQUE (CHARMAT)

Publicado por Blog Vinho SIM em 10.3.14 com 2 comentários

Concluídos os trabalhos da categoria Brut Branco – Método Tanque (Charmat) (relembre), seguimos os trabalhos de avaliação de amostras da 2a Edição do RVS de Espumantes Nacionais, agora com a categoria Brut Rosé – Método Tanque.

Assim como já acontecera em 2013, esta categoria me surpreendeu novamente, talvez não com espumantes incríveis e de notas altíssimas, mas sim com produtos cheios de personalidade, produzidos com cortes muito particulares, uma real demonstração de coragem e ousadia dos nossos enólogos, muitas vezes tão criticados - por mim, inclusive - por vinhos previsíveis e cada vez mais padronizados.
Para quem não ainda não leu, lembro que para melhor compreensão do que foi esta 2a Edição do RVS de Espumantes Nacionais, bem como o completo entendimento das regras do evento, como critérios de avaliação, painel de jurados, local, dentre outros, é altamente recomendada a leitura DESTE POST, onde todos estes e mais alguns detalhes foram descritos com todo o cuidado que a prova exige.
Ressalto novamente o número de vinícolas convidadas para a prova: 70, mas muitas delas nem sequer se deram ao trabalho de responder ao convite, assim como algumas delas se recusaram a participar por motivos diversos.

Assim como já expliquei no artigo da categoria Brut Branco – Tanque, seguindo o que acontece em alguns dos principais concursos do mundo, neste ano somente serão divulgadas as notas/avaliações dos espumantes que se destacaram entre os mais representativos de cada categoria, sendo adotado como “nota de corte” um mínimo de 15 pontos.


CATEGORIA BRUT ROSÉ - MÉTODO TANQUE (CHARMAT)
AMOSTRAS MAIS REPRESENTATIVAS


Vinho / Produtor
Região
Uvas
$ médio
Nota
1
Perini
Farroupilha - RS
Ch, Ga e PN
R$ 30,00
16,0
2
Courmayeur
V. dos Vinhedos - RS
PN e Mo
R$ 33,00
15,0
3
Santa Augusta 2010
V. do Cont. Videira – SC
CS, Me, Ma, Mp e CF
R$ 40,00
15,0
4
Villagio Grando 2012
C. de Herciópolis - SC
PN e Me
R$ 40,00
15,0

Em que

Ch: Chardonnay,
Ga: Gamay
PN: Pinot Noir,
Mo: Moscato,
CS: Cabernet Sauvignon,
Me: Merlot,
Ma: Malbec,
Mp: Montepulciano e
CF: Cabernet Franc.

1.  Perini


O inusitado corte de Chardonnay, Gamay e Pinot Noir parece ter dado certo, pois amealhou a ótima nota média de 16 pontos, se colocando entre os melhores no quadro geral, além do melhor da categoria, eleito por todos os jurados como “um dos melhores da categoria”. Uma excelente estreia.
Clara presença de morangos frescos, tanto na nariz, quanto na boca, com final com algum toque mineral. Ótima acidez e boa persistência. É certamente uma grande compra, considerando seu preço médio de R$ 30,00.
**** $$

2.  Courmayeur


Outra novidade no Ranking Vinho SIM que estreou muito bem.
Mais um rosé produzido com um corte fora do comum, com 80% Pinot Noir e 20% Moscato, o Courmayeur agradou bastante, sendo apontado por 2 degustadores como um dos melhores da categoria.
No nariz, uma presença marcante de aromas florais e delicados toques de frutas vermelhas. Na boca, a presença de frutas vermelhas mais maduras deixa uma sensação levemente adocicada, mas agradável. Os R$ 33,00 de preço médio, também o colocam como ótima opção de compra.

**** $$

3.  Santa Augusta 2010


Neste rosé, a vinícola catarinense do Vale do Contestado Videira, outra estreante no Ranking Vinho SIM, dá uma aula de capacidade de produzir espumantes com cortes inovadores, inserindo nada mais, nada menos que 5 castas: Cabernet Sauvignon (45%), Merlot (20%), Malbec (20%), Montepulciano (12,5%) e Cabernet Franc (2,5%). Certamente um espumante único no mundo.
Essa ousadia toda num espumante apenas correto, ao meu ver, já seria digna de ser exaltada, já que o risco é inegável, mas a Santa Augusta, conseguiu um algo a mais, produzindo um espumante safrado de personalidade incrível e ótima qualidade.
Frutas vermelhas frescas dão o tom no nariz, mas um intrigante toque apimentado aparece para dar um charme especial à paleta aromática. Na boca, o conjunto fruta + acidez é bem equilibrado, acompanhando de uma boa cremosidade.
Não há dúvida que é um espumante com vocação gastronômica, onde deverá acompanhar muito bem frutos do mar em geral e, principalmente, pratos da culinária japonesa, indiana e tailandesa. Não deixe de provar.

**** $$$

4.  Villagio Grando


Único “veterano” da categoria, o Rosé da vinícola catarinense de Campos de Herciópolis se destacou pelo 2o ano consecutivo, agora com sua safra 2012, se firmando como um dos melhores desta categoria no Brasil.
Diante de tantas novidades, o corte de Pinot Noir com Merlot já não é dos mais diferentes, mas continua trazendo ótimos resultados. A presença de frutas como nectarinas e pitangas, acompanhadas de toques de pão levemente torrado dão o tom na paleta aromática, cujas frutas frescas são confirmadas na boca, onde o ótimo equilíbrio entre fruta e acidez é destaque, acompanhado de uma gostosa cremosidade. Não há dúvida que é espumante altamente recomendado.

**** $$$


Nesta categoria foram avaliadas 10 amostras, sendo que 4 delas atingiram os 15 pontos (ou mais) de média, um percentual superior a média geral, que ficou na casa dos 30%.

Conclusões:

1. Houve uma similaridade nas notas médias deste ano com a da 1a Edição do RVS, bem como a diferença entre a maior e a menor nota média entre todas as amostras de 2013 e 2014 foram muito próximas.
2. Neste ano tivemos a inscrição de amostras de 5 novas vinícolas nesta categoria, mas o número total de amostras permaneceu igual, já que outros 5 produtores não enviaram suas amostras.
3. Foi nesta categoria que apareceram os produtos mais diferentes, onde a ousadia e criatividade se afloraram trazendo boas perspectivas de produtos cheios de personalidade para os próximos anos,

Repetindo a conclusão do artigo Brut Branco – Método Tanque, existem ótimos espumantes produzidos por este método no Brasil e, apesar da média ainda poder melhorar, fiquei bastante feliz com os resultados desta categoria e gostaria de deixar público meus parabéns por toda coragem dos nossos enólogos em produzir espumantes com tanta personalidade.

Durante o ano, acompanharei os lançamentos de mais produtos desta categoria no mercado, sempre trazendo novidades e informações aqui no Vinho SIM.

Nos próximos dias os resultados das categorias Extra Brut & Nature – Método Tradicional (Champenoise), Brut Branco – Método Tradicional e Brut Rosé – Método Tradicional estarão disponíveis aqui. Acompanhem e que Baco nos ilumine!

Perguntas, sugestões, críticas e afins, deixe seu comentário aqui em baixo.
Reações: