Lançamento do Dunamis Tannat 2012

Publicado por Blog Vinho SIM em 30.4.14 com Sem comentários
 

Por Talita Martinez
(colunista do Vinho SIM)

Na noite da última quarta-feira (16/04) foi realizado no estúdio YB Music, em São Paulo, o lançamento do novo vinho da vinícola Dunamis, o Tannat 2012.

A ocasião foi uma ótima oportunidade de conhecermos os jovens enólogos da Dunamis, Thiago Peterle e Vinicius Cercato, e assim entender um pouco mais do conceito do vinho e, principalmente, do porquê de lançar ao mercado um Tannat, com tantas ótimas opções do Uruguai à disposição.

Segundo os enólogos, as primeiras parreiras de Tannat na propriedade em Campanha - RS foram plantadas em 2002, e desde então houve várias tentativas de produzir esse varietal, mas, ano a ano, muitos problemas foram enfrentados, como geadas, chuvas, safras não tão boas, até que finalmente a safra 2012 conseguiu ser adequada aos objetivos da vinícola: produzir um vinho com personalidade, com características próprias, diferente dos famosos Tannats dos nossos vizinhos.

A ideia de um Tannat descompromissado, que pode ser bebido a qualquer hora e em qualquer ocasião, é interessante, pois trata-se de uma uva peculiar, que geralmente leva a vinhos muito fortes e estruturados. Antes de provar o vinho, a dúvida que surgiu foi se esse vinho conseguiria manter a tipicidade da uva, dada a intenção de ser um vinho “fácil”.

O Dunamis Tannat 2012 passou 12 meses em barricas de carvalho americano e mais um ano em garrafa e chega ao mercado recebendo prêmio, ganhou a medalha de ouro no VII Concurso Internacional de Vinhos do Brasil, realizado de 8 a 11 de abril, em Bento Gonçalves.

Depois de entender um pouco do conceito do vinho, finalmente chegou a hora de prová-lo.

O momento foi bastante especial, pois o evento, que teve a sempre ótima organização da CH2A Comunicação, não se restringiu a uma prova do vinho e nos presenteou com uma fantástica apresentação musical: a indicada na categoria "Melhor cantora" ao Prêmio da Música Brasileira 2014, Blubell, acompanhada do saxofonista Hugo Hori, nos brindaram com um lindo show.

Thiago Peterle e Vinicius Cercato apresentam seu lançamento enquanto a cantora Blubell e o saxofonista Hugo Hori se preparam para a apresentação musical que viria a seguir

conclusão após a prova: o Tannat 2012 não é um vinho "fácil". Apesar de mais "leve" que a grande maioria dos Tannats encontrados no nosso mercado, ainda continua sendo um Tannat e, portanto, é bastante intenso. No nariz mostrou boa presença de frutas negras maduras e algum aroma que remete à couro, evidenciando ser um vinho brasileiro. Na boca, confirma bom frutado equilibrado por uma acidez presente, viva, e taninos macios. Apareceu também uma pontinha de amargor ao final, mas nada que atrapalhe sua harmonia. É certamente um vinho para acompanhar um bom churrasco, que deve agradar o público em geral.

A seguir, uma pitadinha do que foi o show da Blubell e Hugo Hori.


Perguntas, sugestões, críticas e afins, deixe seu comentário abaixo.


Que Baco nos ilumine!

Matérias relacionadas:

 Gheller Tannat 2007 eleito Vinho de Dezembro 2012
Gheller Tannat 2007: Vinho de dezembro/2012  
Perini Tannat 2011 é destaque no Wine IN
Perini Tannat 2011 é destaque no Wine IN
Reações: