Confraria Vinho SIM - Agosto/2014 - Regiões "alternativas" da Espanha

Publicado por Blog Vinho SIM em 22.10.14 com Sem comentários
O dia 30/08 foi escolhido para o 6º Encontro da Confraria Vinho SIM, muito aguardado principalmente por conta de um tema muito excitante, eleito de forma muito cuidadosa pelos confrades: Regiões “alternativas” da Espanha.

A Espanha é, sem dúvida, um dos países que mais investiram em sua vitivinicultura nos últimos anos, oxigenando vigorosamente sua indústria do vinho, desde o vinhedo até apresentação de seus rótulos, passando por modernização dos processos de cultivo, vinificação e afinamento em barricas, colocando-se novamente em evidência num mercado cada dia mais competitivo e que exige de todos esforços contínuos para se manter em pé.

O país possui uma das maiores quantidades de D.O.s do mundo e cada uma delas tem suas peculiaridades e seus encantos, o que torna a experiência de provar um vinho espanhol sempre algo novo e interessante. É claro que algumas regiões são mais consagradas e todos conhecemos (e adoramos!) seus vinhos, por isso neste encontro da CVS pensamos na possibilidade de provar alguns exemplares de regiões, digamos, menos conhecidas do grande públicas, D.O.s “menos badaladas” no Brasil, visando não apenas alimentar nossa curiosidade e paixão pelos vinhos dos ibéricos, mas também compará-los, em termos de qualidade e regionalidade, aos seus conterrâneos mais “famosos”.

Para este mês, diversificando nossa gama de anfitriões, elegemos o Winebar La Vicenza, em São Caetano do Sul, um espaço aconchegante e bonito, com uma vasta e bem selecionada carta de vinhos e um cardápio enxuto e bem feito. Sem dúvida, mais uma ótima opção para os amantes do vinho da nossa região do ABC.

A seguir, a classificação final dos vinhos da noite. 


Vinho / Produtor
Safra
$ médio (R$)
Nota
1
Cepas Viejas / Dominio de Tares
2008
160,00
16,7
2
Leione / Domínio Dostares
2009
150,00
16,6
3
Real de Aragón / Pagos
2008
66,00
16,4
4
Menut Priorat / Mas Martinet
2010
82,00
15,9
5
Comoloco / Juan Gil
2011
60,00
15,6
6
Castro de Valtuille /
2009
58,00
15,1
7
Piedras Crianza / Vega Saúco
2011
75,00
15,0
* Duas amostras, de regiões clássicas, não entraram na avaliação.

Vinhos na ordem em que foram degustados

Os destaques da noite:

Cepas Viejas 2008 / Dominio de Tares

Da região de Bierzo vem o campeão da noite. Produzido com a uva Mencía e com afinamento de 9 meses em barricas de carvalho americano é um vinho cheio de personalidade. Agradável e com ótima harmoniza fruta-acidez-madeira mescla com maestria os estilos Velho e Novo Mundo. Final saboroso e longo.

Leione 2009 / Dominio Dostares

Produzido com uvas Prieto Picudo na região de Castillo y León, o 2º colocado da noite tem afinamento de 9 meses em barricas de carvalho e, assim como o campeão da noite, muita personalidade. Muito interessante para quem não conhece a casta.

Real de Aragón 2008 / Pagos

Da região de Calatayud vem este 100% Garnacha produzido com uvas de parreiras com mais de 80 anos. Frutas vermelhas e negras se fundem à notas tostadas da madeira entregando um vinho com bom equilíbrio e muito gostoso de beber.





E foi assim.

Mais um noite de descontração na medida certa e muito aprendizado, com vinhos muito interessantes. Terminamos com a certeza que ainda temos muito (mas muito mesmo!) a aprender sobre estas regiões "alternativas" da Espanha. Que venham mais momentos para provar estes vinhos especiais.  


Data
30/08
Local
La Vicenza Winebar
Número de Participantes
11
Tema
DOs “alternativas” da Espanha
Amostras
9*
Vinho Destaque
Domínio da Tares Cepas Viejas 2008 (Importadora Tahaa)
Que Baco nos ilumine!

Reações: