ND: Lapostolle Clos Apalta 2010, uma verdadeira joia chilena.

Publicado por Blog Vinho SIM em 22.7.15 com Sem comentários
 

Este grande ícone chileno, produzido pela conceituada  Casa Lapostolle é um daqueles vinhos para se deliciar com tempo suficiente para deixá-lo evoluir calmamente na taça, enquanto desfruta-se de um jantar romântico ou um encontro com grandes amigos, durante uma longa conversa, em que o simples prazer da companhia acentuará os aromas, sabores e toda a atmosfera que sua prova proporcionará.

O corte de 71% Carmenere, 18% Cabernet Sauvignon e 11% Merlot de uvas provenientes de vinhedos de cultivo biodinâmico e sem irrigação em Apalta (Vale do Colchágua, Chile) da linda vinícola, que tive o prazer de conhecer nos idos de 2012 (confira aqui varia ano a ano, sempre de acordo com a escolha dos enólogos, que selecionam as melhores barricas para elaborar o blend.

Este 2010 é aquilo que costumo definir como uma verdadeira bomba de frutas negras. Tanto no nariz quanto na boca, ameixas e groselhas pretas e mirtilos maduros e compotados preenchem os sentidos, trazendo um vinho muito sedoso e vigoroso ao mesmo tempo. Também aparecem muitas notas de figo, pimentas brancas, tostados e bastante baunilha,  provenientes do estágio de 24 meses em barricas novas de carvalhos francês. Com mais algum tempo de aerador/taça aparecem algumas notas de caixa de lápis também. O ótimo equilíbrio entre acidez-fruta-madeira é um convite-tentação para o próximo gole, onde é praticamente impossível perceber seus 15% de álcool! Taninos finos e um final longo e muito sedoso são a cartada final para avaliar este exemplar com um verdadeiro vinhaço sulamericano, que compartilhado com grandes amigos fica ainda melhor.

É bem verdade que o preço não é dos mais convidativos, não é vinho para o dia a dia, mas vale muito para ocasiões especiais.

R$ 550,00 (Mistral)

Avaliação Vinho SIM: REFINADO (18/20) / Relação QUALIDADE-PREÇO: RAZOÁVEL
Reações: