ND: Ironstone Chardonnay 2009

Publicado por Blog Vinho SIM em 12.8.15 com Sem comentários
Ironstone Vineyards é uma vinícola familiar localizada em Murphys, bem no coração de Sierra Foothills, Califórniard, EUA que busca pautar seu trabalho no respeito ao terroir local e nas belezas da região onde se encontra.

Possui algumas linhas de produtos bem conhecidas aqui no Brasil, das quais se destacam o vinho Obsession Symphony e alguns varietais da própria linha Ironstone e da linha Ironstone Reserve.

Em geral, os vinhos estadunidenses não me agradam muito porque considero exagerada a presença da madeira, o que causa, ao meu ver, um certo desequilíbrio, com estas notas muitas vezes sobrepondo a acidez e própria fruta. Além disso, os preços não costumam ser muito atrativos o que acaba inibindo a compra, sendo preteridos por exemplares de outras regiões.

E esse, o que me atraiu então?

A Casa Flora (importadora) está vendendo este vinho com 50% de desconto em alguns mercados parceiros, como é o caso da Coop aqui de Santo André, onde paguei R$ 30,00 por este Chardonnay 2009. Prática muito comum com vinhos de safras "antigas", possivelmente a importadora acredite que o vinho já esteja em declínio (aí seria até um pouco desonesto mantê-lo à venda - pelo menos sem um promotor que pudesse deixar isso claro aos clientes!) ou se tornou desinteressante comercialmente falando, já muitos consumidores ficarão receosos de comprar um vinho branco que já tem 6 anos de garrafa.




E o vinho, como está?
Não sou um aficcionado por descrever a cor do vinho, mas essa vale a pena: caraaaaaca! Douradíssimo e brilhante! No nariz uma mescla de damascos secos e mel, emoldurados por algo salgado, lembrando queijos com certa maturação. Estranho, né? Sim, estranho e delicioso! Aparecem ainda notas provenientes da madeira bem integradas ao conjunto, contrariando minhas expectativas a respeito de um vinho estadunidense. Na boca mostrou-se bem seco (uma surpresa depois da análise olfativa), com a madeira se fazendo presente em conjunto com a boa acidez. Novamente contrariando minhas expectativas. Estrutura cremosa e final médio-longo. Para mim está fantástico, creio que os anos na garrafa fizeram muito bem ao vinho. É bem verdade que tiraram um pouco do frescor, das notas de frutas frescas e daquele contorno cítrico, mas por outro lado, suavizou a madeira, integrando-a ao conjunto e aportou notas de frutas secas e concentração de aromas e sabores muito agradáveis. Prepare uma massa com um molho à base de manteiga e algum toque de bacon ou um presunto Parma (ou similar) e divirta-se.

Ahh, se encontrá-lo, compre
. Saúde!

ÓTIMO (16/20) / R$ 60,00 (R$ 30,00 em promoção da Casa Flora)
E foi assim. 

Que Baco nos ilumine!
Reações: